Três norte-americanos foram mortos esta quinta-feira no aeroporto de Cabul, no Afeganistão, por um alegado membro das forças de segurança afegã, disse um funcionário do Pentágono.

Os três norte-americanos, civis que trabalhavam para o Departamento de Defesa e que participaram num programa de treino para a Força Aérea afegã, foram mortos a tiro durante um «ataque interno», explicou a mesma fonte.

As tropas aliadas no Afeganistão e civis ocidentais que trabalham no país têm sido alvo de vários ataques perpetrados por soldados afegãos.

As forças da NATO já tomaram medidas especiais de segurança para tentar impedir aqueles ataques.

A maioria das tropas da NATO já deixou o Afeganistão o ano passado, mas ainda há cerca de 12 mil elementos no país, incluindo mais de 10 mil norte-americanos.