O estado norte-americano do Texas executou na quarta-feira um homem de 35 anos que, em 2007, matou um guarda florestal com uma metralhadora.

James Freeman foi declarado morto às 18:30 de quarta-feira (00:30 de hoje em Lisboa), após lhe ter sido administrada uma injeção letal na prisão de Huntsville, de acordo com a notificação do Departamento de Justiça Criminal do Texas.

Na noite de 16 de março de 2007, uma patrulha de guardas-florestais foi surpreendida por Freeman, que caçava aves ilegalmente. Ao abordá-lo, o homem pôs-se em fuga, sendo iniciada uma perseguição no condado de Wharton, a sul de Houston.