O «The New York Times» divulgou, na quinta-feira, um vídeo da primavera de 2012 com a execução de soldados do regime sírio pelos rebeldes, imagens que poderão influenciar a decisão dos EUA sobre a intervenção militar na Síria.

Os sete soldados do Presidente sírio, Bachar al-Assad, foram capturados por rebeldes sírios, de acordo com o «The New York Times», e nas imagens aparecem com as mãos amarradas detrás das costas e com a cabeça virada para o chão, enquanto um líder dos rebeldes recita uns versos.

«Durante 50 anos, eles foram companheiros da corrupção. Prometemos perante o Senhor que este é o nosso juramento: Vamos vingar-nos», disse pouco antes de apertar o gatilho e disparar contra a parte detrás da cabeça do primeiro dos prisioneiros, tendo matado depois os restantes seis.