Há quatro anos consecutivos que a Califórnia está em seca, uma das piores de que há memória.

Como tempos excecionais exigem medidas excecionais, o organismo que controla a distribuição da água naquele estado norte-americano decidiu limitar o abastecimento aos agricultores e criadores de gado das zonas de Delta, San Joaquin e Sacramento.

A medida afeta mais de cem produtores agropecuários, a maioria dos quais está instalada no vale do rio Sacramento. Só os que têm direitos de utilização de água anteriores a 1903 escapam às limitações agora impostas. Esta é a primeira vez desde os anos setenta do século XX que as autoridades se vêm forçadas a tomar medidas desta natureza.

Os utilizadores domésticos da Califórnia também já tinham sido sujeitos a cortes no abastecimento. Nalgumas localidades, a redução é superior a um terço do volume habitual.