O estado norte-americano do Texas apresentou uma ação judicial contra a Administração do Presidente Barack Obama, com o objetivo de bloquear o iminente realojamento de refugiados sírios, de acordo com a Procuradoria-Geral.

Na ação, apresentada a um tribunal federal de Dallas, o Texas argumentou que o governo dos Estados Unidos está a violar a Lei dos Refugiados de 1980, ao não acordar os realojamentos com as autoridades estatais.

Segundo o estado, a Administração Obama pediu a uma das agências sem fins lucrativos encarregadas de realojar os refugiados – International Rescue Committee, também incluída na ação – que não divulgasse os dados pessoais dos refugiados, algo que “ajudaria a diminuir as inquietações do Texas em matéria de segurança”, de acordo com a EFE, citada pela Lusa.