Pelo menos 17 pessoas morreram esta quarta-feira, na sequência de um ataque de drones dos Estados Unidos no noroeste do Paquistão, informaram as autoridades paquistanesas, citadas pelas agências internacionais.

As autoridades de segurança disseram à AFP que militantes afegãos e paquistaneses estão entre os mortos provocados pelo ataque ao complexo na cidade de Miranshah.

Também no Paquistão, pelo menos seis membros das forças de segurança morreram, na sequência de um ataque lançado contra um posto de controlo na conflituosa zona do noroeste, informou fonte policial.

Os atacantes iniciaram o assalto armado ao final do dia de terça-feira na zona de Jina Kor, situada na fronteira entre a região tribal de Orakzai e o distrito de Peshawar, disse a mesma fonte ao Dawn.

Os rebeldes tiveram um «intenso tiroteio» com as forças paquistanesas e sequestraram dois elementos pertencentes à guarda de fronteira.