O pai de um rapaz de 11 anos, responsável pela morte de uma criança de três, foi acusado de participar no homicídio. O assassinato de Elijah Walker teve lugar no início de agosto, em Detroit, nos EUA, depois do adolescente descobrir uma arma em casa.

De acordo com a Associated Press, o juiz considerou o pai do jovem culpado por ter deixado a pistola num estado “grosseiramente negligente”. O arguido foi julgado por abuso de menores, em segundo grau, por usar uma arma durante um crime e tentar alterar as impressões digitais presentes no objeto.

O rapaz vai ser julgado no Tribunal de Menores, por homicídio em primeiro grau.

O crime terá tido lugar depois do rapaz ter encontrado uma arma no armário na casa do pai, onde estava a passar férias, no dia 3 de agosto. De seguida, entrou num carro que estava estacionado no jardim. O menino de três anos seguiu-o e acabou por ser alvejado na cara.