A polícia norte-americana lançou, esta quinta-feira, uma operação de busca pelo homem ou homens armados que mataram um padre e feriram outro numa igreja católica no Arizona.

O ataque ocorreu na noite de quarta-feira numa igreja de Phoenix, tendo o alerta sido lançado na sequência da chamada telefónica efetuada pelo sacerdote Joseph Terra para os serviços de emergência dando conta de um caso de roubo, enquanto amparava o colega Kenneth Walker, que acabaria por morrer.

O chefe da polícia de Phoenix, Daniel Garcia, disse que os investigadores têm «fortes provas materiais», mas não relatos de testemunhas oculares nem conhecimento sobre o número de intrusos envolvidos no ataque à igreja.