Uma criança nos Estados Unidos sofre desde há um ano de uma doença misteriosa que a leva a nunca ter fome ou sede. Landon Jones, um rapaz de 12 anos do Iowa, perdeu o impulso de comer e de beber e os médicos ainda não conseguiram encontrar uma explicação. A doença é de tal forma rara que os médicos já consideram que é um caso único no mundo.

 

De acordo com o site Des Moines Register, os sintomas começaram a 14 de Outubro de 2013, dia em que Landon Jones se queixou de tonturas e de congestão no peito. Análises revelaram que o rapaz tinha uma infeção bacteriana no pulmão esquerdo, mas que acabou por ser tratada com sucesso. Só que a partir daí parou de ter apetite ou sede e tornou-se bastante difícil conseguir fazer com que comesse ou bebesse.

 

No último ano, os pais levaram-no a médicos em cinco cidades e o rapaz foi submetido a vários testes e tratamentos, incluindo uma punção lombar, encefalogramas ou avaliação psiquiátrica. Foram equacionadas uma série de hipóteses relacionadas com problemas digestivos ou transtornos alimentares. Com o tempo, essas hipóteses foram sendo colocadas de parte. Até ao momento, a criança ainda não tem um diagnóstico.

 

Os pais não têm outra alternativa para além de implorar, negociar e persuadir o filho para comer e beber. A criança continua a emagrecer e já perdeu 16 quilos, o equivalente a um terço do peso anterior: antes dos sintomas, Landon Jones pesava mais de 47 quilos, agora está com 31.

 

A CBS News refere que os médicos podem agora ter que utilizar um tubo de alimentação para conseguirem introduzir alimentos diretamente no estômago do rapaz.

 

Enquanto continuam a investigar, os médicos começam a concentrar-se na possibilidade da existência de uma forma rara de disfunção do hipotálamo. O hipotálamo é uma região no cérebro que regula uma série de funções como a fome, a sede, a pressão sanguínea ou o sono.