Meryl Streep vestiu, esta segunda-feira, a pele de Donald Trump durante a gala anual de teatro em Nova Iorque.

A atriz, detentora de três óscares e apoiante de Hillary Clinton, surgiu em palco disfarçada do pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, ao lado da colega Christine Baranski, que vestiu a pele da pré-candidata democrata.

As atrizes encenaram uma performance de um debate cantado entre os dois políticos. O tema escolhido foi "Brush Up Your Shakespeare" da comédia musical "Kiss me, Kate".

A atuação rapidamente correu as redes sociais. Curiosamente, o magnata, muito ativo no Twitter, ainda não reagiu a esta atuação que, por certo, não terá passado despercebida.