Foi um assalto que não chegou a ser, um suspeito de furto não concretizado, um potencial ladrão. Um morto confirmado.

As autoridades de Fresno, na California, Estados Unidos, confirmaram este domingo o óbito de um homem que foi retirado da chaminé de uma habitação no sábado.

O alegado assaltante terá tentado entrar na casa através da chaminé, mas, a dado momento, não havendo largura suficiente para cair na lareira, ficou lá preso.

De acordo com a KMPH, presume-se que Cody Caldwell, de 19 anos, estaria encalhado no túnel desde sexta-feira à noite, mas só foi descoberto no sábado, quando o dono da casa resolveu acender a lareira.

De imediato, o homem ouviu gritos, apagou o fogo e chamou os bombeiros.

Foi necessário aos serviços de socorro e às autoridades destruirem a chaminé de modo a retirar o jovem. Segundo os bombeiros, durante a operação de salvamento, Cody Caldwell ainda respirava, mas não resistiu às queimaduras e à inalação de gases.
 
Esta não foi a única casa alvo de tentativa de assalto naquela zona, na sexta-feira à noite. As autoridades estão agora a comparar as impressões digitais retiradas de outros cenários de furto com as do cadáver.