Gene Penaflor, de 72 anos, foi caçar veados com um amigo no Parque Nacional de Mendocino, na Califórnia. Perdeu-se do parceiro, caiu, bateu com a cabeça e quando acordou não sabia onde estava. Sobreviveu 19 dias a comer lagartos, esquilos e sapos, escreve a CNN.

Tudo aconteceu no passado dia 24 de Setembro. Após separar-se do parceiro de caça, combinaram encontrar-se horas depois para almoçar. Mas, Gene Penaflor não apareceu. Caminhou mais do que devia e perdeu a noção de onde estava. Caiu e bateu com a cabeça. Quando acordou, nem sequer sabia quanto tempo tinha estado inconsciente.

Apesar do alerta dado pelo colega de caça, quando falhou o encontro, as autoridades não conseguiram encontrar Gene e as buscas acabaram por ser suspensas devido a uma tempestade. Enquanto esteve perdido, nevou durante alguns dias e as temperaturas baixaram para temperaturas negativas.

Finalmente, chegou ajuda, Gene Penaflor foi levado para o hospital na cidade de Ukriah, nos arredores da floresta.

«Ele está bem. Está a aguentar-se. Parece que não aconteceu, a não ser ter deixado crescer a barba», afirmou o filho, Jeremy Penaflor, à CNN. Gene nunca perdeu a arma, mas contou ao filho que entrou em modo de sobrevivência e não se sentia com forças para caçar animais de grande porte.

A família nunca desistiu de procurar por Gene. «Nós sabíamos que ele estava lá», afirmou Jeremy.

Neste fim-de-semana, as equipas de buscas e salvamento voltaram a sair. Quis o destino que fosse um caçador a dar o alerta. Ele e os amigos ligaram às autoridades a dizer que conseguiam ouvir um homem a chorar e a pedir ajuda. O grupo acabou por encontrou Gene. Com galhos de árvores e casacos fizeram uma maca e transportaram Gene até à equipa de resgate, a meio do caminho.

Uma coisa o filho garantiu: «Nos próximos tempos não queremos ouvir falar em caçar. Daqui a uns anos talvez». E claro, Jeremy Penaflor diz que irá com ele.