A Casa Branca esteve em alerta e com as portas fechadas durante várias horas, depois de um homem embrulhado numa bandeira dos EUA, ter saltado a cerca de protege o edifício presidencial.

O incidente teve lugar esta quinta-feira, enquanto a Barack Obama e a sua família celebravam o Dia de Ação de Graças.

O homem foi imediatamente detido, mas todas as entradas da residência presidencial foram fechadas, por precaução, enquanto seguranças acompanhados de cães de guarda revistaram a área.

Uma testemunha do incidente, Victoria Pena, disse à AP, que o indivíduo saltou a cerca com o que parecia ser um caderno, na boca.
 

“Eu ouvi-o respirar profundamente e sussurrar para ele mesmo: ‘ok, vamos fazer isto'. E depois foi. Foi caótico. Toda a gente à nossa volta estava a gritar e as crianças estavam a chorar. Foi bastante inesperado”.