Duas explosões, seguidas de colunas de fumo negro, foram registadas na fábrica de químicos Arkema, em Crosby, no Texas, uma unidade que tinha sido inundada pelas cheias provocadas pela tempestade Harvey, anunciou a empresa.

Cerca das 02:00 (hora local), [08:00 em Lisboa] fomos notificados pelo centro de operações de urgência do condado de Harris de duas explosões e de fumo negro proveniente da fábrica Arkema em Crosby”, divulgou a empresa num comunicado citado pela agência France Presse.

As autoridades evacuaram a zona num perímetro de três quilómetros à volta da fábrica, que produz peróxidos orgânicos, um composto usado no fabrico de plásticos e produtos farmacêuticos.

A Arkema já tinha avisado que havia um risco sério de os químicos presentes na fábrica se incendiarem nos próximos dias, como consequência da perda de energia do sistema de refrigeração devido às intensas inundações provocadas pela tempestade Harvey.

A empresa retirou os trabalhadores na terça-feira e o condado de Harris ordenou a retirada de residentes que se localizam num raio de 2,4 quilómetros das instalações.

A fábrica produz peróxidos orgânicos para serem utilizados na produção de resinas plásticas, tintas, entre outros produtos. Richard Rowe, director-executivo da unidade da Arkema nos Estados Unidos, afirmou aos jornalistas que os químicos presentes no local iriam incendiar-se e explodir se não estivessem devidamente arrefecidos.