A comunidade homossexual, representantes de empresas e ativistas festejaram esta quinta-feira o veto da governadora do Arizona, Jan Brewer, à lei da liberdade religiosa que permitia aos empresários negar serviços aos homossexuais.

«A liberdade de culto é um pilar dos Estados Unidos e do Arizona, tal como é não discriminar. Devemos abandonar a discussão horrível sobre (a lei) SB1062 e olhar para a frente para chegar a um acordo entre todos», disse Brewer.

O veto foi anunciado publicamente pela governadora, horas depois de ter sido mencionada, nas redes sociais e meios de comunicação, a possibilidade de a Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) retirar a Super Bowl de 2015 do estado de Arizona.