“Esta tempestade vai matá-lo”. Sem meias medidas, o governador da Florida, Rick Scott, pediu aos habitantes que tomem todas as cautelas com o furacão Matthew, que se aproxima da costa norte-americana, com ventos superiores a 200 quilómetros por hora, ondas gigantes e são esperadas inundações.

“Isto é sério. Não corram riscos”, avisou o governador, esta quinta-feira, numa altura em que os Estados Unidos fazem a contagem decrescente para a chegada do furacão, que deve atingir a Florida, o mais tardar, na sexta-feira de manhã.

“Evacuar, evacuar, evacuar”, insistiu. Mais de milhão e meio de pessoas receberam ordem para abandonar as casas e até as portagens foram abertas de maneira a permitir uma fuga mais rápida.

 

 

A Casa Branca reforçou esta mensagem, pedindo a todos que receberam ordem de evacuação que cumpram e agora.

 

 

 

O furacão Matthew, de categoria 4, deixou um rasto de destruição no Haiti e já fez mais de uma centena de mortos.