O polícia Darren Wilson «não agiu com dolo, não pode ser provado além de qualquer dúvida razoável de que ele violou» a lei sobre os direitos civis», conclui um relatório do Ministério norte-americano da Justiça, publicado esta quarta-feira.


não julgar o polícia

onda de indignação nos Estados Unidos

que se demitiu da políciaem legítima defesa

discriminação racial a Polícia da cidade de Ferguson