«Onze pessoas ficaram feridas. Três prisioneiros foram levados para a prisão do Condado de Fresno e não chegaram a ser hospitalizados», escreveu na rede social Twitter a polícia de Fresno.

Segundo a Xinhua citada pela Lusa, que aumenta para 14 o número de feridos, a explosão ocorreu por volta das 02:30 (22:30 de sexta-feira em Lisboa), junto a um campo de tiro da polícia no condado de Fresno, onde se encontravam trabalhadores da construção civil, incluindo prisioneiros.