A Coreia do Norte disse esta quarta-feira que o presidente norte-americano, Donald Trump, é "desprovido de razão" e que só funciona com a força, de acordo com a agência de notícias norte-coreana KCNA.

Não é possível um diálogo sensato com alguém desprovido de razão e só a força absoluta funciona com ele", afirmou o general Kim Rak Gyom, citado pela agência de notícias.

Esta posição surge horas depois de Donald Trump ter feito um aviso ao líder norte-coreano Kim Jong-Un, afirmando que os Estados Unidos irão responder a Pyongyang com "fogo e fúria" depois de terem sido divulgados novos desenvolvimentos da capacidade militar da Coreia do Norte.

As afirmações de Trump levaram o regime comunista a reagir através dos media estatais avisando para a possível iminência de um ataque sobre a ilha norte-americana de Guam, algo que Washington relativizou dizendo não haver uma ameaça iminente.

Esta quarta-feira, perante a escalada da tensão entre os dois países, o secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu contenção.