A McDonald’s nos EUA está a ser processada em cinco milhões de dólares (aproximadamente 4,5 milhões de euros) por causa da qualidade (ou a falta dela) dos palitos de mozzarella que colocou à venda em janeiro em todo o país. A queixa foi apresentada por um homem na Califórnia, mas já inclui outros clientes que também estão descontentes com o petisco.

De acordo com o jornal britânico The Independent, a cadeia de restaurantes de fast food cobra um dólar (89 cêntimos) por três palitos de mozzarella, e quando as pessoas pagam por um produto com queijo mozzarella, o mínimo que esperam é que esse mesmo produto tenha mozzarella.

 

 

Chris Howe e outras 40 pessoas, que entraram com um processo em tribunal, alegam que a McDonald’s usa amido em parte do recheio da receita de palitos de mozzarella, o que viola as diretrizes federais.

“Os nossos palitos de queijo mozzarella são feitos com 100% de queijo mozzarella", afirma a empresa em comunicado. "Pretendemos defender-nos vigorosamente dessas alegações”, acrescenta.

 

Algumas fotos nas redes sociais mostram o petisco com muito pouco queijo.