Bill e Hillary Clinton receberam desde janeiro de 2014 mais de 25 milhões de dólares pelos mais de 100 discursos pagos que proferiram nestes 17 meses, referem documentos revelados este sábado pela campanha da antiga primeira-dama.

De acordo com a agência Efe, Hillary Clinton, que parte como favorita à corrida democrata para a Casa Branca em 2016, também arrecadou outros cinco milhões de dólares por direitos de autor do livro "Hard Choices”, publicado em junho de 2014.

Em 2014, Hillary Clinton foi alvo de duras críticas da imprensa norte-americana depois de ter declarado que, na saída da Casa Branca, o casal estava “arruinado” financeiramente. Mas a afirmação foi feita numa entrevista na residência do casal em Washington, casa decorada com requinte e madeiras preciosas, o que contrastava com a imagem que queria passar.

A imprensa norte-americana descreveu, então, Hillary Clinton como uma política endinheirada, que viajava em aviões privados, cobrava mais de 200 mil dólares por cada discurso e ainda se queixa de dificuldades económicas que teve de superar.