As autoridades norte-americanas suspeitam que Tashfeen Malik e Syed Rizwan Farook, os autores do massacre na Califórnia, poderiam estar a planear mais atentados. A possibilidade foi levantada depois dos investigadores terem encontrado uma grande quantidade de armas no apartamento do casal.

Uma fonte da investigação garantiu que o casal tinha em sua posse milhares de munições. Para além disto, de acordo com o Washington Post, Tashfeen Malik e Syed Rizwan Farook teriam também construído mais de uma dúzia de bombas artesanais.

Já foi identificado o homem que terá fornecido o armamento ao casal, que já se sabe que teria ligações ao Estado Islâmico. Contudo, a polícia não acredita que Enrique Marquez, o suspeito, tenha ligações diretas ao atentado terrorista.

Os investigadores ainda não conhece quais seriam os restantes alvos do casal.

O EI já assumiu ligação ao ataque, que vitimou 14 pessoas e feriu outras 21, na passada quarta-feira.