Um avião comercial que partiu na quinta-feira de Santo Domingo, com destino a Nova Iorque, regressou à capital da República Dominicana depois de um passageiro embriagado ameaçar fazer explodir uma suposta bomba em pleno voo.

Fontes do aeroporto indicaram à Efe que o passageiro já foi detido pelas autoridades.

O homem, identificado como Frank Bruno Díaz, em evidente estado de embriaguez, vociferou a bordo que era um terrorista e que transportava uma bomba e que a faria explodir, o que causou pânico entre os passageiros, indicou à Efe uma fonte sob condição de anonimato, como noticia a Lusa.