Com apenas 17 anos, Alyssa Carson está a ser treinada pela NASA para ser astronauta e realizar uma missão única e muito importante. EM 2033, quando Alyssa tiver 32 anos, vai partir para Marte, onde deve cultivar alimentos, realizar experiências científicas e procurar sinais de vida, regressando com 36 anos. A história revelada pela imprensa britânica.

Desde os três anos que Alyssa tem o sonho de ser astronauta, quando viu um episódio baseado em Marte da série infantil "The Backyardigans".

Este planeta vermelho é tão fixe.”

 

Comecei a ver vídeos de robôs a pousar em Marte. Eu tinha um mapa gigantesco de Marte no meu quarto para poder observar. Começamos a comprar telescópios para podermos olhar para o espaço”, relembra a adolescente.

A sua paixão por esta área nunca parou de crescer. Depois de ter frequentado o acampamento espacial aos sete anos, voltou mais 18 vezes. Quando fez 12 anos, Alyssa tornou-se a primeira pessoa a ir a cada um dos três campos espaciais da NASA, localizados em: Huntsville, Alabama, nos Estados Unidos da América; Quebec, no Canadá; e Izmir, na Turquia.

Eu fiz as mesmas coisas que as outras crianças, como mudar de ideias relativamente à profissão que queria ter, quis ser professora ou presidente, um dia. Mas o caminho que sempre tracei para a minha vida foi tornar-me astronauta, ir a Marte, e só depois ser professora ou presidente”, conta Alyssa.

Apesar de Alyssa não conseguir candidatar-se para ser astronauta até ser maior de idade, a NASA está a trabalhar com ela, de modo a garantir que tem uma boa hipótese de conseguir.

Outras organizações espaciais, como a SpaceX para a MarsOne, estão a considerar enviá-la numa missão espacial numa data anterior à estabelecida pela NASA.

A adolescente está a ter treinos um pouco por todo o mundo, aprendendo várias valências para que a sua futura missão seja concluída com sucesso, entre as quais microgravidade e treino subaquático.

A adolescente não pode ter nenhuma relação amorosa, de forma a que a sua futura missão não seja posta em causa, visto que ainda faltam 15 anos até à partida de Alyssa para Marte.

A ideia de ter uma família é algo que a NASA quer que deixe para quando regressar da missão. É um lugar onde nunca estivemos e é uma missão perigosa. Ter alguém que se ama na Terra é uma distração”, explica Alyssa Carson.