Centenas de manifestantes invadiram, esta segunda-feira, o gabinete da procuradoria federal no sul do México na mais recente manifestação contra a forma como as autoridades lidaram com o caso do desaparecimento de 43 estudantes.

Cerca de 300 pessoas, algumas usando máscaras, ocuparam o edifício na capital do estado mexicano de Guerrero, Chilpancingo, durante cerca de quatro horas, disse fonte da segurança à agência AFP.

Quase metade dos funcionários do gabinete do procurador-geral abandonou o edifício durante a ocupação, segundo a mesma fonte que falou sob anonimato.