Militares da guarda nacional foram mobilizados no domingo pelo governador do Wisconsin para restaurar a calma em Milwaukee, após confrontos entre manifestantes e a polícia norte-americana, desencadeados depois de as forças da ordem terem morto um suspeito.

Na noite de sábado para domingo, uma multidão de manifestantes atacou viaturas da polícia e ateou fogo a várias lojas da cidade situada a cerca de 130 quilómetros a norte de Chicago, nos Estados Unidos.

“Em resposta a um pedido de David Clarke, xerife do condado de Milwaukee e depois de discussões (…), mobilizei a guarda nacional do Wisconsin, de forma a dar um apoio forte à polícia local”, disse o governador Scott Walker, em comunicado.