O senador norte-americano e ex-candidato presidencial republicano em 2008 John McCain foi diagnosticado com um tumor cerebral, informou na quarta-feira o seu gabinete.

O senador, de 80 anos, foi submetido na passada sexta-feira, em Phoenix (Arizona), a uma operação na qual lhe foi extraído um coágulo de sangue acima do seu olho esquerdo, associado ao tumor.

A análise aos tecidos mostrou que o coágulo estava associado a um tumor cerebral, conhecido como glioblastoma", de acordo com o gabinete do político.

McCain destacou-se por fazer frente a Trump, mesmo sendo da sua cor política. O senador republicano defendeu, e aumentou a pressão já existente, para que o presidente dos Estados Unidos apresentasse as provas que o levaram a acusar Obama, o seu antecessor, de o ter colocado sob escuta.