O programa de televisão infantil "Rua Sésamo" vai contar com uma nova personagem: Júlia, uma menina de cabelo cor-de-laranja que é autista.

O programa chega aos Estados Unidos em abril e integra os personagens já conhecidos como o “Monstro das Bolachas” e o “Poupas”.

Relativamente ao papel de Júlia, pretende-se explicar e integrar o tema a um público-alvo mais jovem, numa altura em que o autismo atinge uma em cada 68 crianças nos Estados Unidos, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças norte-americano.

A realizadora, Christine Ferraro, anunciou a nova personagem numa entrevista ao canal norte-americano CBS, no programa “60 Minutos”.

A grande discussão logo no início foi: 'Como é que fazemos isto? Como é que falamos sobre autismo?' É complicado porque o autismo não é uma coisa. É diferente em cada pessoa que tem autismo."

No primeiro episódio, Júlia vai demonstrar algumas características comuns às crianças com autismo. Quando conhece “Poupas”, a menina ignora-o. Confuso com a atitude de Júlia, "Poupas" pensa que a menina não gosta dele. Os amigos de "Poupas" tentam explicar que “ela faz coisas de forma diferente”.

Em seguida, e enquanto algumas crianças estão a fazer um jogo, Júlia começa a saltar radiante. Como forma de integrarem a menina, todos começam a saltar com ela.

A marioneta que dá vida à personagem de Júlia é Stacey Gordon, mãe de um filho autista na vida real.

Se os amigos de meu filho tivessem visto os comportamentos dele através da televisão, antes de experienciá-los numa sala de aula, talvez não tivessem ficado assustados."

Para já, os criadores da série "Rua Sésamo" querem fazer com que Júlia tenha um papel relevante. Contudo, não se sabe, ainda, até quando Júlia permanece ao lado de todas as outras personagens.