A descoberta de dois corpos, esta segunda-feira, fez subir para 41 o número de mortos no deslizamento de terras ocorrido há um mês em Oso, no noroeste dos EUA.

Duas pessoas continuam, contudo, desaparecidas desde o desastre que devastou uma zona rural de Oso, a 60 quilómetros a noroeste de Seattle, a 22 de março, indicaram as autoridades do condado de Snohomish, em comunicado, citado pela agência AFP.

O presidente norte-americano, Barack Obama, tem prevista uma visita a Oso para o dia de hoje, antes de partir para a Ásia.