Quatro pessoas morreram depois de três tiroteios que ocorreram esta segunda-feira no estado norte-americano da Virgínia. A polícia já iniciou uma caça ao homem que visa encontrar o principal suspeito dos crimes: Jody Lee Hunt, de 39 anos.
 
 


Os tiroteios aconteceram na área de Westover, onde Hunt reside, e na zona de Cheat Lake. As autoridades identificaram três das vítimas mortais: Sharon Berkshire, de 39 anos, Michael David Frum, de 28 anos, e Doug Brady.

Segundo a imprensa norte-americana, Sharon Berkshire, uma das vítimas mortais, tinha apresentado recentemente uma queixa contra Hunt devido a um caso de violência doméstica.

O norte-americano terá feito uma publicação no Facebook, onde referia que estava a ter problemas no relacionamento com uma mulher, segundo o site WAJR.

«Dei-lhe o meu coração, apenas para que ela pudesse manipular o que lhe tinha para oferece. A vida é curta. Não é tudo jogos. Não entres num jogo com o coração de uma pessoa», terá escrito na rede social.


Em Westover as escolas públicas foram fechadas por precaução. Pelo contrário, a Universidade de Virgínia Ocidental, em Morgantown, considerou que não havia uma ameaça imediata ao campus.