O republicano Mitt Romney revelou que não será candidato às eleições presidenciais de 2016. O ex-governador do Massachusetts transmitiu a decisão à sua equipa esta sexta-feira, conta a Associated Press.

«Depois de ter pensado bem sobre outra corrida à presidência, decidi que é melhor dar a oportunidade a outros líderes do partido», afirmou, em comunicado.

Há apenas três semanas, no dia 10 de janeiro, Romney admitiu que estava a considerar a hipótese de candidatar-se novamente à Casa Branca. Uma sondagem recente, aliás, dava-o como preferido dos republicanos.

O ex-governador do Massachusetts, que se candidatou duas vezes nas primárias do Partido Republicano - perdeu, em 2008, para John McCain, e disputou as presidenciais, em 2012, com Barack Obama, perdendo novamente -, tentou somar apoios nas últimas semanas, mas notou que a maioria passou para o ex-governador da Florida Jeb Bush.

O filho do ex-presidente George Bush e irmão de outro ex-presidente, George W. Bush, é tido como o mais provável vencedor das primárias do Partido Republicano no próximo ano. A não candidatura de Romney também favorece o atual governador de Nova Jérsia, Chris Christie, possível adversário de Bush nas primárias.

Do lado dos democratas, as apostas rendem-se a Hillary Clinton.

As próximas eleições presidenciais nos Estados Unidos vão realizar-se a 8 de novembro de 2016. O mandato de Obama termina em janeiro de 2017.