As votações para a escolha dos candidatos à presidência dos Estados Unidos ainda agora começaram, mas dois candidatos já ficaram pelo caminho. Um homem e uma mulher. Dois republicanos. Chris Christie e Carly Fiorina anunciaram, quarta-feira, o abandono da corrida à Casa Branca, depois dos resultados desastrosos de Iowa e New Hampshire.

Chris Christie, governador do estado de Nova Jersey, anunciou a sua desistência com um texto publicado na sua página do Facebook, assumindo que os resultados alcançados ficaram aquém das suas expetativas. Na verdade, o candidato tinha apostado em força em New Hampshire, mas “não foi suficiente” e ficou-se pelo sexto lugar.

No entanto, o republicano garante que deixa a corrida “sem um pingo de arrependimento” e lembra que antes já “ganhou eleições que devia perder e perdeu eleições que devia ganhar”. Factos que são “a magia e o mistério da política”.

 

 

 

I ran for president with the message that the government needs to once again work for the people, not the people work...

 

Publicado por Chris Christie em Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016

 

Horas antes tinha sido Carly Fiorina, a única mulher na corrida pelos republicanos, à Casa Branca. Conhecida como a ex-presidente da HP, a candidata chegou a estar em segundo lugar nas sondagens, após os debates, devido às suas boas intervenções. Apenas Donald Trump aparecia na sua frente.

Carly Fiorina também escolheu o Facebook para deixar a sua mensagem e prometer que vai continuar “a lutar” pelos norte-americanos que se “recusam a aceitar as coisas como eles estão”.

A republicana fez ainda questão de deixar uma mensagem a todas as mulheres:

“A todas a jovem raparigas e mulheres do país, eu digo: não deixem que os outros vos definam. Não oiçam que vos diz que têm de votar de uma determinada maneira ou num determinado candidato só porque são mulheres”

 

 

This campaign was always about citizenship—taking back our country from a political class that only serves the big, the...

Publicado por Carly Fiorina em  Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016

 

Nenhum destes candidatos elegeu delegados no Iowa e New Hampshire. Veja aqui o calendário eleitoral e saiba onde são as próximas votações.