A escritora premiada norte-americana Ursula K. Le Guin, que se destacou em livros de fantasia e ficção cientifica, morreu esta segunda-feira, aos 88 anos.

Numa declaração publicada hoje na rede social Twitter da escritora, a família informa que americana Ursula K. Le Guin, que tem vários títulos publicados em Portugal, “morreu pacificamente” na segunda-feira.

Para além das obras de fantasia e ficção científica, Le Guin escreveu contos, poesia e literatura para jovens adultos.

A autora tem uma vasta obra publicada, entre os quais "The Left Hand Of Darkness", galardoado com o 'Prémio Hugo' e com o 'Prémio Nebula' para melhor romance de ficção científica de 1969, prémio que recebeu novamente em 1974 com o livro "The Dispossesser".

Nesse mesmo ano, o primeiro livro do Ciclo Terramar, "A Wizard of Earthsea - O Feiticeiro e a Sombra", recebeu o 'Boston Globe Horn Book Award' for Excellence. Os dois livros seguintes do ciclo foram também homenageados com prémios literários: "The Tombs of Atuan - Os Túmulos de Atuan" recebeu o 'Newbery Honor Book Award' de 1970, e em 1973 "The Farthest Shore - A Praia Mais Longínqua" ganhou o 'National Book Award for Children’s Books'.

Os seus trabalhos mais recentes incluem "The Beginning Place", "The Eye of The Heron", "Always Coming Home", "Buffalo Gals", "Dancing At The Edge Of The World" e "Tehanu".

Foram vendidos milhões de livros do Ciclo Terramar, em 16 idiomas.