O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) divulgou esta terça-feira um vídeo que pretende mostrar um menino de cerca de dez anos executando com uma pistola dois homens acusados de trabalhar para os serviços secretos russos.

O vídeo de sete minutos mostra dois homens ajoelhados que são abatidos por uma criança, depois de terem sido filmados durante o interrogatório acerca das suas alegadas tentativas de se infiltrarem no EI na Síria.



Titulado em inglês «Descobrindo um inimigo interno», o vídeo é comentado em russo e começa com o interrogatório a um dos homens que afirma ser um cidadão cazaque recrutado pelos serviços secretos russos (FSB) para se aproximar de um combatente do EI, cujo nome não é revelado.

O vídeo foi amplamente divulgado nas redes sociais, mesmo por meios de comunicação russos, mas entretanto terá sido removido.