O número de mortos num bombardeamento, na quinta-feira, numa zona sob o controlo do grupo extremista Estado Islâmico (EI) no nordeste da Síria subiu para 23, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Entre as vítimas mortais estão nove crianças e duas mulheres, de acordo com a organização não-governamental, que indicou ainda haver pelo menos 20 feridos.

Segundo o OSDH, aviões de guerra não identificados efetuaram quatro ataques aéreos contra diferentes áreas da localidade de Al Mayadin, o principal bastião do EI na província de Deir al Zur.