As autoridades sauditas anunciaram este sábado que desmantelaram uma organização ligada ao Estado Islâmico e que detiveram 431 membros, na sua maioria sauditas, de acordo com a AFP.

O ministro do Interior referiu que a operação foi levada a cabo nas últimas semanas e teve como objetivo destruir a organização.

Estas células terroristas estiveram envolvidas em vários ataques e conspirações, incluindo os atentados suicidas nas mesquitas Xiitas.