Um extremista islâmico belga que ameaçou a Bélgica e a França através de mensagens difundidas pela Internet foi condenado à morte no Iraque por ligação ao grupo armado Estado Islâmico.

Segundo a agência France Presse a sentença foi pronunciada esta terça-feira em Bagdade.

Tarik Jadaoum, nascido em 1988, com documentação belga, foi recrutado pelo grupo Estado Islâmico em 2014 sob o nome de guerra Abou Hamza al-Belgiki.

Na primeira audiência, que decorreu no Tribunal Penal de Bagdade, no passado dia 10 de maio, Tarik Jadaoum declarou-se “não culpado” tendo acrescentado perante os juízes que foi “influenciado”.