Dois adolescentes de 16 anos foram acusados em Sydney, na Austrália, de prepararem "um atentado inspirado" pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), revelou a polícia.

Os dois menores poderão ser condenados a pena perpétua, segundo a polícia, que não deu informação sobre o alvo do atentado que estaria a ser preparado.

A polícia suspeita que os dois estudantes podem também estar envolvidos na radicalização de alguns colegas.