Os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional tiveram uma vista única para a aurora boreal que iluminou o céu do hemisfério norte, na noite desta terça-feira.

Em terra, o fenómeno foi visível em várias cidades do Norte dos Estados Unidos e do Canadá. Em algumas zonas da Europa também foi possível captar o fenómeno.

Esta aurora é o resultado de uma tempestade geomagnética rara, um conjunto de erupções de gás a alta temperatura provenientes do Sol e que agora estão a interagir com a atmosfera terrestre.

A tempestade não colocou em perigo, nem os tripulantes, nem os instrumentos de navegação da Estação Espacial Internacional.

A aurora, em tons de verde, foi visível precisamente no dia de São Patrício, o padroeiro da Irlanda. As imagens impressionantes foram partilhadas no Twitter da NASA.

O fenómeno repete-se esta noite.