Um homem morreu a tentar resgatar o cão do mar, em Essex, Inglaterra, no último sábado, de acordo com as autoridades locais, citadas pela imprensa britânica.

A vítima, de 59 anos, estava num barco com o filho, de 17 anos. Foi encontrada amarrada à embarcação, numa derradeira tentativa do menor de evitar a submersão do pai.

O cão foi salvo por dois praticantes de jet ski, que passaram no local e alertaram a polícia marítima de Essex.

A temperatura da água estará na origem da morte do homem. “Pode ter sofrido um ataque cardíaco devido ao choque térmico”, explicou o agente Paul Rawson.

“Nesta altura do ano, a água pode estar muito mais fria do que se espera. E pode ‘desligar’ o corpo num minuto ou dois. Não conseguimos respirar e os músculos ficam presos impedindo-nos de nadar”, esclareceu, ainda.

Este acontecimento levou a polícia marítima a alertar nas redes sociais a população para os cuidados a ter junto ao mar.

O incidente ocorreu cerca das 13:30 locais e o óbito foi declarado às 16:00.

O resultado da autópsia ainda não é conhecido.