O toureiro espanhol Francisco Rivera Ordóñez publicou uma fotografia na sua conta do Instagram em que enfrenta um jovem touro, enquanto segura a filha de cinco meses ao colo. Enquanto a mão direita segura a muleta, diante da cara do novilho, a esquerda segura a pequena Carmen.
 
Na legenda da fotografia, Francisco escreve: “Debute de Carmen. É a quinta geração de toureiros na nossa família. O meu avô toureou assim com o meu pai. O meu pai toureou assim comigo. E eu fi-lo com as minhas filhas Cayetana e agora com Carmen. ”
 
 
 
 

A publicação foi seguida de uma outra que coloca lado a lado esta imagem e a do pai de Francisco a enfrentar um novilho com o filho às cavalitas.
 

Se repite la historia . Viva la mejor herencia , el sentimiento , la pureza , honor .

Uma foto publicada por Francisco Rivera (@f.r.paquirri) em



As publicações nas redes sociais deram origem a uma torrente de comentários e levantaram polémica nas redes sociais. “Expor ao perigo, ainda que seja um novilho, a tua filha pequena, não o entendo em absoluto”, escreveu um seguidor.
 

“Pobre Carmen”, escreveu outro.

 
Houve até quem fosse mais radical: “Se eu fosse tua mulher, matava-te!”.
 
Mas também houve quem se colocasse do lado do toureiro e elogiasse a publicação da “bonita imagem para recordação”. “Que grande imagem que nos ofereces. Que continue a cumprir a lenda!”, escreveu um apoiante de Francisco Rivera Ordóñez.
 
O toureiro reagiu à polémica através do Twitter e garantiu que “a filha nunca esteve mais segura”. “Sou toureiro pela graça de Deus. Vivo para isto e dedico-me 365 por ano." "Nem por um segundo correu o mínimo perigo. Há muitas mais coisas perigosas, que não vou detalhar, e que estão cheias de meninos".


"Respeitem as nossas tradições, por favor.”

 
Mas a publicação do toureiro não abrandou as críticas e o homem chegou a receber ameaças de morte.