Uma das quatro pessoas que estavam a ser monitorizadas num hospital em Madrid, Espanha, devido a suspeitas de terem sido infetadas com o vírus ébola, teve um resultado negativo nas duas análises que realizou, escreve a Reuters.

A profissional de saúde tinha tido diarreia, mas não teve sintomas de febre. As duas análises que efetuou deram negativas para a presença do vírus. Não é claro se já foi autorizada a sair do hospital. O seu internamento tinha sido decidido por prevenção.

Estes pacientes « estão hospitalizados em quartos de alta segurança, totalmente isolados», explicou hoje José Ramón Arribas, coordenador da Unidade de Infeciosas deste hospital  Hospital La Paz-Carlos III.

Além da auxiliar de enfermagem contagiada com o vírus, estão ainda hospitalizados o seu marido e um engenheiro, que regressou da Nigéria.

De acordo com as autoridades sanitá rias estão também sob vigilância 52 pessoas, a maior parte pessoal hospitalar.