A Renfe prevê começar este sábado a transferência de amoníaco de duas cisternas do comboio que descarrilou na linha Huelva-Zafra na última madrugada junto à povoação de La Nava.

A companhia ferroviária espanhola informou os responsáveis do Plano de Emergência que tem já o equipamento necessário para esvaziar os vagões que ficaram na via, revelou um comunicado das autoridades da Andaluzia.

Outras 16 cisternas que integravam o comboio puderam ser rebocadas para o terminal de Huelva, a sua estação de origem.