Quarenta e uma pessoas de origem subsariana que foram resgatadas de uma embarcação, a cerca de 64 quilómetros a sudeste de Motril, chegaram em boas condições de saúde ao porto de Granada, informou esta segunda-feira a agência de notícias espanhola Efe.

Os migrantes foram assistidos pela Cruz Vermelha, que lhes prestaram os primeiros cuidados de saúde e alimentação.

A polícia marítima realizou o resgate das 41 pessoas no domingo, depois de um dia intenso de busca e salvamento no mar de Alborão, no Mediterrâneo.

Após terem sido assistidos pela Cruz Vermelha, os migrantes ficaram sob tutela da Polícia Nacional no centro de receção temporária localizado no porto.