PP, PSOE e Ciudadanos chegaram a acordo para que o socialista Patxi López seja eleito presidente do parlamento espanhol na quarta-feira, escreve o El País.
 
O primeiro entendimento entre os partidos após as eleições de 20 de dezembro pressupõe ainda uma das vice-presidências para os socialistas.
 
Dos oito lugares em aberto, o PP, que não apresentou candidato à Presidência do Congresso dos Deputados (Congreso de los Diputados, no original), fica com três, enquanto o Ciudadanos e o Podemos garantem cada um dois lugares na Mesa.
 
O El País escreve ainda que o PSOE tentou, sem sucesso, que o PNV garantisse o último lugar disponível.