Milhares de pessoas concentraram-se, esta manhã, em Barcelona em defesa da união de Espanha. Os manifestantes invadiram a Praça da Catalunha em resposta à quebra soberanista promovida pelo Governo da Catalunha e em comemoração do Dia Nacional.

Apesar de não existir consenso no que diz respeito ao número de manifestantes, esta manifestação ultrapassou o número de manifestantes de 2012, avança a «Efe».

O clima cívico marcou a manifestação, na qual não se verificaram incidentes nem se percebeu o clima de tensão vivido na passada quinta-feira na Câmara Catalã.

O ato foi presidido por uma enorme bandeira mista de 100 metros. A intenção da plataforma «Som Catalunya. Somos España» é dar visibilidade aqueles que «se sentem tão catalães como espanhóis» num contexto em que a imagem que é passada é a de que todos os catalães são a favor da independência.

José Domingo, porta-vos dos manifestantes, citado pelo «El Mundo», afirmou que «hoje demonstrou-se que é óbvio que muitos dos catalães se sentem espanhóis e não queremos que isso mude».

A concentração acontece um mês depois do cordão humano pela independência e três meses depois de o Parlamento ter fixado a data para a consulta da autodeterminação da Catalunha.