Vinte e três pessoas, das quais 14 polícias, ficaram feridas este sábado na sequência de confrontos durante o «Cerco ao Congresso», convocado em Madrid pela Coordenadora 25S, disseram à Efe fontes das emergências médicas da capital espanhola.

Os 23 feridos apresentaram ferimentos ligeiros como cortes e contusões, mas quatro - três polícias e um cidadão - foram transportados para centros hospitalares.

Vários feridos foram atendidos num posto médico avançado instalado pelos serviços de urgência na rua.

Apesar de a concentração ter começado sem incidentes, cerca das 19:00 (hora local, menos uma em Lisboa), frente ao edifício, horas mais tarde os manifestantes dispersaram pelas ruas adjacentes com o intuito de alcançar o Congresso pela parte posterior, mas sem sucesso.

Nestas movimentações ocorreram os incidentes, dado que grupos de manifestantes fizeram barricadas na praça Jacinto Benavente, registando-se também lançamento de pedras, de garrafas e de petardos contra os carros da polícia, alguns dos quais ficaram muito danificados.

O protesto, que contou com a participação de vários milhares de pessoas, foi convocado para contestar o anteprojeto de lei sobre segurança dos cidadãos.