Um grupo de 500 imigrantes de origem subsariana tentou atravessar, este sábado, a fronteira de Marrocos em Melilla, enclave espanhol no norte de África.

Segundo fontes policiais citadas pela EFE, a tentativa ocorreu às 14:00 locais (uma hora menos em Lisboa), na zona do bairro Chino, com os elementos da Guarda Civil de Espanha e autoridades marroquinas a dissuadirem os emigrantes ilegais.

Uma hora depois, a três quilómetros do local, a polícia marroquina travou uma incursão de um outro grupo de imigrantes subsarianos, que tentavam passar a fronteira para a cidade costeira espanhola do norte de África, que tem fronteira com Marrocos.