As autoridades detiveram em Alicante, Espanha, uma mulher de 48 anos suspeita de matar com uma chave-de-fendas o homem com quem tinha casado há duas semanas, um espanhol de 69 anos.

Foi também detido o cuidador da mulher, dependente de cadeira de rodas, um homem de 58 anos que terá sido cúmplice do homicídio, de acordo com fontes da investigação citadas pelo jornal espanhol Las Provincias.

O crime foi consumado esta segunda-feira, já depois das 22:00 horas, no topo de um penhasco na zona da Albufereta de Alicante.

De acordo com um comunicado da polícia, uma agente fora de serviço terá presenciado o acontecimento e terá sido ela a ligar para o número de emergência, que rapidamente enviou reforços.

A mulher que assistiu ao crime, com dificuldades em chegar ao local onde estavam os suspeitos com a vítima, avisou os colegas do local exato e gritou aos agressores, identificando-se como polícia, e correu até eles para evitar a fuga e auxiliar a vítima.

A agente conseguiu retirar a arma branca ao agressor e tentou prestar auxilio à vitima, que estava já sem vida no chão, entre dois carros. Tinha vários golpes no pescoço e no peito, de onde saía sangue em abundância, refere o comunicado.

Os detidos aguardam julgamento na esquadra. A investigação ainda continua e não são conhecidos os motivos do homicídio.