O Congresso de Deputados espanhol aprovou hoje, com ampla maioria, uma moção que rejeita o plano independentista da Catalunha e insta o Governo nacional a continuar a utilizar os instrumentos da Constituição para garantir o cumprimento da legalidade.

A moção foi apresentada pela União Progresso e Democracia (UPyD) e teve 316 votos a favor, somando-se aos desta formação o dos deputados do Partido Popular (PP) e Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE).

Apenas votaram contra a moção os partidos nacionalistas - catalães, basco e galego e a Esquerda Plural.